No passado dia 22 de junho de 2019, coincidindo com o início das provas para o acesso público à educação secundária obrigatória pela especialidade de português (primeira vez que se convocavam 4 vagas deste tipo na Galiza) saiu uma reportagem no jornal Praza sobre o assunto.

Como associação profissional de docentes de português pediram-nos a nossa opinião.

E colocaram a informação dos centros que na atualidade lecionam português na Galiza:

Eis a notícia completa.