VIII Jornadas de Atualização Docente do Português

Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

cartazNeste ano a DPG mais uma vez uniu-se a uma outra iniciativa de formação na área da nossa especialidade, o português, não organizando assim o seu Encontro Internacional de Didática do Português, que cumpriria a sua oitava edição.

Assim, no passado mês de novembro a DPG uniu-se à realização das Jornadas de Atualização Docente que o Instituto Camões vem realizando desde há alguns anos.

Este ano o foco destas jornadas formativas foi para as TIC, o uso das novas tecnologias nas aulas, centrando-se, nomeadamente, no uso do google drive e algum outro aplicativo digital de avaliação nas aulas.

As jornadas transcorreram num ambiente agradável e muito prático onde pudemos aprofundar em todas as possibilidades que o drive nos oferece além de intercambiarmos ideias, sensações e inquietações sobre a nossa atividade docente. Foi muito grata o conhecimento de novas pessoas que cada ano se unem à nossa aliciante e apaixonante viagem de dar aulas de português na Galiza. Até o próximo ano!

foto-de-grupo

O PORTUGUÊS CONTINUA NA CORDA BAMBA NO ENSINO GALEGO

Quarta-feira, 03 de Fevereiro de 2016

PARECER DA DPG SOBRE A PRESENTE OFERTA DE VAGAS A CONCURSO NO ENSINO PÚBLICO GALEGO PARA O 2016:

PARECER OFERTA VAGAS PÚBLICAS 2016

imagem1imagem2

Como introduzir língua portuguesa no teu centro?

Como introduzir língua portuguesa no teu centro?

A DPG vem de enviar uma CARTA INFORMATIVA aos centros de ensino secundário da Galiza para os alertar e informar da atual possibilidade de solicitarem a matéria de língua portuguesa, bem como matéria de livre configuração (segundo nova regulamentação da LOMCE), bem como segunda língua estrangeira, nos seus centros.

Esta iniciativa desenvolveu-se devido a uma crescente receção de pedidos de informações à DPG. Requerimentos de docentes de diversos pontos da Galiza para saberem como poderiam implementar o português nos seus centros e se de alguma maneira a LEI 1/2014, do 24 de março, para o aproveitamento da língua portuguesa e vínculos com a lusofonia está a ser desenvolvida neste sentido de fomento do ensino do português na Galiza; ou quais as vias para poderem pôr em prática efetiva esta possibilidade.

« Newer Posts